segunda-feira, janeiro 29, 2007

Começo de temporada

Os estaduais começaram e, ao contrário de outras edições, não há supresas nem revelações. Não apareceram equipes pequenas e bem montadas, nem atacantes promissores, nem técnicos desconhecidos com algum talento. Os grandes seguem mandando no futebol - dentro e fora e campo. De duas, uma: ou o interior está mais sem dinheiro que nunca (o que eu não creio porque alguns clubes-empresas como Barueri e Guratinguetá continuam a exisitir) ou finalmente os grandes aprenderam a fazer a pré-temporada (pelo menos até agora, ninguém usou a velha desculpa "da-falta-de-um-planejamento-mais-sério-que-anteceda-o-campeonato" diante de um revés). O fato é que as supresas estão restritas à esfera dos maiores clubes paulistas, por isso, teço alguns comentários sobre eles.

Santos - Até agora mostrou-se a equipe mais preparada. Os 100% de aproveitamento refletem isso. O Luxa é um crápula, mas sabe montar um time. Tem também o melhor elenco do Brasil em minha opinião. Zé Roberto, Pedrinho, Kleber Santana, Kleber, Maldonado e Fábio Costa formam um time e tanto!!! Só falta um atacante para a Libertadores. Mas a verdade é que o Santos vai dar trabalho. Mais uma coisa: a camisa listrada sem patrocínio é linda. Se eu fosse santista comprava antes que ela ficasse "suja" com uma marca qualquer.

Palmeiras - A supresa é o Caio Júnior. Torço por técnicos que tem o estilo dele - fazem um trabalho sério, a longo prazo, respeitoso, sem cagar regra nem desrespeitar os jogadores. Pra mim o Palmeiras tem chance de brigar pelo título e se preparar para um bom Brasileiro. Quem tem Edmundo, Marcos, Valdívia (outra boa supresa), Paulo Bayer, Marcinho e etc... não pode ir tão mal quanto o Palmeiras foi no ano passado.

Corinthians - Parece que os problemas extra-campo (que não são poucos) não estão interferindo na vida da equipe. Se o Leão não complicar, o Corinthians pode se recuperar. O problema é que o técnico é muito roleiro e o cenário um tanto complicado. Se o Nilmar voltar de fato, Leão terá de administrar uma vaga para Amoroso, Arce e Jaílson (outra bela supresa) E aí??? Quem joga??? Tudo pode sair da cabeça dessa ameba que adora falar difícil e só se complica com as palvras e tomadas de decisões.

São Paulo - O campeão brasileiro perdeu parte do elenco e investiu pouco para esse ano. Além disso, o esquema tático está indefinido. Muricy não gosta do 3-5-2, mas não consegue jogar no 4-4-2 e tudo parece depender da novela Mineiro que ainda não acabou. Júnior e Souza não sabem onde vão jogar enquanto Hugo e Borges tentam se viabilizar no time. É a equipe mais indefinida até agora.

Que venham os clássicos. O paulistinha parece que vai ser decidido nas disputas entre os grandes.

2 Comentários:

Às seg jan 29, 01:55:00 PM , Blogger Marcelo Tescaro disse...

Pô, leio os mails, venho correndo dar uma olhada é só encontro o Ferraz? Se for assim prefiro falar do campeonato pessoalmente com o cara, no Morumbi. De qualquer forma, depois das primeiras rodadas a coisa volta a pegar no breu. O Ituano, apesar da tabela, promete ser o nome do interior. A ponte já trocou de técnico, quá quá. Os 4 grandes já foram analisados demais. Vamos esperar os clássicos para ver se o Santos não é fogo de palha, e se o lenao quebra a escrita dos últimos anos com o São Paulo. Lembrem-se que o empate é nosso rsrsr. Feliz 2007.

 
Às qua jan 31, 09:04:00 AM , Blogger Igor disse...

Ricardão, meu filho. Cá estou eu, de volta. Vou repercutir sua opinião sobre o meu time: também torço pelo Caio Jr, até por motivos óbvios. Mais do que isso, acredito que a fórmula do Palmeiras esteja certa, além de ser a única possível. Acreditar em bons valores emergentes, tanto para técnico, quanto para o elenco. É o que têm feito, com sucesso, Inter e SPFC nos últimos anos.
Fui ao jogo contra o S.André, no feriado. Foi horrível, medonho. Por isso, não me surpreendi com o tropeço diante do Barueri. Caio Jr. terá muito o que fazer. E acho que terá que começar por colocar o Edmundo no banco. Nada contra ele, ao contrário. Tem carisma, amor à camisa e é ídolo de toda a torcida. Mas, aos 35 anos, é um jogador para entrar no 2ºtempo apenas. Acho que o Caio Jr. já sacou isso.
Abraço,

Igor

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial