sábado, julho 15, 2006

QUE DIFERENÇA, NÃO ?

Todos comentaram, com razão, a vergonha que foram os escândalos de manipulação de resultados na Itália. Pois agora cabe comentar o exemplo dado com as punições severas que os principais clubes sofreram. Não custa recordar:

- Juventus: rebaixada para a Série B, vai começar a temporada com MENOS 30 PONTOS ! O prejuízo estimado, entre receitas diretas e indiretas que deixarão de entrar é de "apenas" 300 milhões de euros ! Nem é preciso dizer que com 30 pontos negativos e sem suas principais estrelas que certamente deixarão o clube, corre sério risco de cair para a Série C em 2007.

- Milan: não foi rebaixado, mas vai começar o campeonato da Série A com MENOS 15 PONTOS. Ou seja, com uma possibilidade considerável de cair para a Série B no ano que vem. Além disso, foi excluído da Champions League deste ano. Imaginem o prejuízo entre receitas diretas e indiretas.

Além destes, Lazio e Fiorentina também cairam. Dirigentes e árbitros envolvidos terão gancho de 1 a 5 anos. Em paralelo, correrão os processos na Justiça Comum, já que o que foi dito acima coube apenas à Justiça Desportiva.

As punições pesadas a Juventus e Milan equivaleriam a punir no Brasil da mesma maneira Flamengo e Corinthians, apenas isto. Alguém em sã consciência imagina que seria possível algo assim aqui? Nem em 200 anos. O exemplo ridículo do ano passado mostra que aqui tudo se ajeita, seja na política, seja no esporte.

Alguns especularam que o tetra na Alemanha poderia servir como perdão e forma de tudo acabar em pizza, na Itália. Engano. Comemoraram muito, reverenciaram todos os vencedores, mas CRAU. Aqui, se tivesse havido coisa parecida e o time da CBF tivesse conseguido o hexa, tudo seria perdoado, claro. Aliás, não custa lembrar que em 94 o trem da alegria que chegou dos EUA trazendo centenas de milhares de dólares em muamba passou pela alfândega livremente. Tudo em nome do tetra.

Eu poderia terminar desejando que o que foi feito na Itália servisse como exemplo para o Brasil. Mas, como isto jamais acontecerá, não vou perder meu tempo. Os italianos afastaram o Berlusconi do poder e agora dão exemplo de seriedade no futebol em plena conquista de Copa do Mundo. Ao contrário do Brasil, que vai até reeleger todo mundo envolvido no mar de lama da corrupção, os italianos parecem caminhar para dias melhores.

Igor

3 Comentários:

Às sáb jul 15, 12:18:00 PM , Blogger Ricardo Ferraz disse...

A Itália mais uma vez serve de exemplo para o Brasil. Não custa lembrar da operação mãos limpas que prendeu os chefões da máfia siciliana. Enquanto isso, aqui na terrinha, o PCC manda brasa. Quanta diferença!!!

 
Às dom jul 16, 03:11:00 PM , Blogger Sérgio Ruiz disse...

Se a Inter não ganhar o scudetto, pode fechar as portas.

 
Às dom jul 16, 08:16:00 PM , Blogger Igor disse...

Serjão,
Já vou lhe pagar uma pizza pelo tetra. pois pagarei outra, se a Inter sair da fila no próximo campeonato.
Abraço

Igor

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial