quinta-feira, agosto 17, 2006

E A CIDADE AMANHECEU TRICOLOR...

É emocionante. Hoje, quinta-feira, 17 de agosto, todos vestem a camisa do São Paulo. As ruas da cidade amanheceram tingidas de preto, vermelho e branco. Sinal de que o resultado do jogo não importa quando o que se viu ontem foi uma jornada épica -- uma das atuações de mais raça na história do futebol, um time heróico que, contra um adversário superior, foi buscar o resultado duas vezes. Não à toa somos a maior torcida de São Paulo. Não é à toa que somos a torcida mais apaixonada do Brasil.

SALVE O TRICOLOR PAULISTA!!!!!!!!!!!
SALVE A CONQUISTA DO HEXA!!!!!!!!!!!
LIBERTADORES É PARA QUEM TEM GARRA!!!!!!!!!!

5 Comentários:

Às qui ago 17, 03:39:00 PM , Blogger Marcelo Tescaro disse...

O exemplo de Rogério Ceni

Diante da irrelevância das propagandas eleitorais que parecem não mudar em nada o cenário político. Diante de tantos mal-feitos cometidos pelos políticos em geral nos últimos 12 meses. Diante das negativas do PT em reconhecer e declinar exatamente quem foi o responsável pelos crimes de uso de dinheiro sujo. Diante da covardia do PSDB em apontar os dedos quando deveria só para ficar protegendo Eduardo Azeredo. Diante da implausível e patética declaração repetida “ad nausean” por Lula sobre ele ter sido traído sem nunca dizer que foi o autor da traição. Enfim, diante de tantos fatos desalentadores na política, só me resta dizer que um simples jogador de futebol deu o exemplo dos valores que faltam ao país nas suas horas mais graves.

Maior ídolo da história recente do São Paulo Futebol Clube, o goleiro Rogério Ceni falhou no primeiro gol que seu time tomou ontem, contra o Internacional, em Porto Alegre, na decisão da Libertadores da América. Ele poderia tergiversar. Dizer que o pé do jogador adversário estava muito alto e teria atingido sua mão. Que os zagueiros são-paulinos foram bananas ao não chutar a bola para longe. Mas Ceni preferiu o caminho mais difícil, porque o correto. Eis sua frase: “Se alguém pode levar a culpa esse alguém sou eu. Infelizmente o erro aconteceu num dia que não podia acontecer".

Algum político brasileiro teria a coragem de reconhecer a culpa e a responsabilidade por erro cometido diante de milhares de pessoas, num estádio lotado, com seu time derrotado?
A atitute de Rogério Ceni tem a ver com "Valores", asism mesmo, com "V" maiúsculo. Esse é o ponto. O país tem poucos valores civilizatórios e republicanos consolidados. Somos uma nação que chegou tarde ao baile da democracia. Quando um goleiro de futebol dá uma lição de humildade, deveria servir de exemplo para os políticos. A sociedade brasileira melhora assim, com ações com a do atleta do São Paulo. E o Brasil agradece.

Escrito por Fernando Rodrigues ?s 09h38

 
Às qui ago 17, 03:39:00 PM , Blogger Marcelo Tescaro disse...

O crédito do texto está no seu final.

 
Às qui ago 17, 04:58:00 PM , Blogger Luciano Araujo disse...

Amigos o que presenciei ontem foi um jogo que dificilmente esquecerei. Um jogo fantástico, Dois ótimos times e uma final para se ter gravada na memória e se possível em dvd. A torcida sãopaulina foi explêndida, em muitos momentos calou o Beira-Rio. Que assustado sógritou campeão depois do apito final. Passada tanta emoção, deixo aqui meu testemunho, de que ontem presente no estádio do Inter, tive a sensação de que ser sãopaulino é algo muito especial. Obrigado Dios Lugano, volte logo, obrigado nosso sempre Air Ceni. Obrigado TIME DA RAÇA. E Bétis vai pra PQP.
Imagino os torcedores adversários torcendo contra mas ao mesmo tempo tendo o gostinho de ver um time que não se entrega nunca.
Orgulho de ser são paulino.

 
Às qui ago 17, 06:10:00 PM , Blogger Ricardo Ferraz disse...

Caros,

É impressionante, como mesmo na derrota, a gente pode sair de cabeça erguida. Os jogadores do São Paulo foram bravos, caíram de pé em uma batalha justa. Foi um jogão. Infelizmente perdemos. Cest la vie. Pelo menos temos o conforto de contar com um elenco compormetido e com a ombridade de um líder nato que sabe reconhecer seus erros. São Paulo perde, mas terá para sempre a admiração de seus milhões de torcedores. TRICOLOR CLUBE BEM AMADO!!!

 
Às qui ago 17, 07:22:00 PM , Blogger joaogabrieldelima disse...

É interessante como a cidade amanheceu tricolor hoje. Aqui na redação os são-paulinos todos comemoravam. "O que vimos foi um Inter acovardado e apavorado no final, enquanto o São Paulo, cheio de garra, tentava reverter o resultado". Os jogadores foram aplaudidos ao chegar no aeroporto. Rogério Ceni se consagrou como o jogador de futebol mais ético de todos os tempos. É como diz o Luciano: hoje, mais do que nunca, o orgulho de ser são-paulino está em alta.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial